O Mistério do Quarto 428

em

Faculdade

Á Universidade de Ohio, por si só, já um dos lugares mais agradáveis de se ficar a quilômetros de distância! Eventos sombrios são relatados por estudantes que vão de gárgulas andando pelo telhado a noite à seitas sinistras de seres estranhos e encapuzados.  Nesse mar de alegria Poltergeist, o epicentro de toda a bagunça parece ser o Quarto 428.

Há tempos a Universidade decidiu fechar o quarto para o uso de estudantes. Desde então apenas uma faxineira entra lá, uma vez por mês, durante o dia.

No quarto estranhos eventos ocorrem, entre os quais os mais comuns são: sombras que aparecem no meio da noite e puxam as pessoas da cama, objetos que voam pela janela, objetos que acertam os visitantes e ninguém sabe de onde vem, e claro, o mais bonitinho de todos, um rosto de demônio que aparece constantemente na porta do Quarto. Coisa fina! Para evitar maiores repercussões e não perder alunos em massa, a universidade resolveu fechar de vez o quarto. A lenda diz que uma aluna chamada Elizabeth C. Bridge ficou insana depois de passar duas semanas hospedada no quarto.

No final do período, ela não saia mais, ficava trancafiada, no escuro, até que seus colegas notaram sua ausência e já suspeitando do seu comportamento estranho, resolveram invadir o quarto: encontraram Elizabeth no chão, nua, encolhida em posição fetal, resmungando palavras indecifráveis.

A Universidade alega que Elizabeth Bridge nunca existiu e que é apenas uma lenda urbana, entretanto, também não abre o quarto para outros estudantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s